Alli Sims dá entrevista a NBC e diz que foi ameaçada por Jamie Spears

Os fãs mais antigos devem lembrar de Alli Sims. Alli surgiu na vida pública em 2007, quando passou a andar com Britney por Los Angeles. Aquela era a primeira tentativa da família Spears em manter algum contato ou controle sobre Britney, já que, naquele período, ela havia demitido seu empresário, brigado com sua mãe e parecia se manter afastada da família. Os familiares (acreditava-se em Lynn, na época) então pediram para Alli se aproximar de Britney e ajudá-la, já que ela são primas (em algum nível).

Acontece que Alli foi conivente com a presença de Sam Lufti, o homem que se aproximou de Britney procurando tirar o máximo de vantagens possíveis. Como sabemos hoje em dia, esse é o estilo de vida de Sam, e Britney foi apenas uma das vítimas. Mas, naquela época, não tínhamos informações suficientes, e a própria Alli não parecia estar ciente de tudo que ocorria.

Britney e Alli em 2007

Como Alli também aparece no documentário Framing Britney Spears (ela está presente no dia em que Britney ataca o paparazzi com guarda-chuvas, onde é possível até ouvir sua voz pedindo para que eles parassem de persegui-la), a NBC foi atrás dela em busca de algumas declarações.

Segundo Alli, em janeiro de 2008, quando Jamie conseguiu a curatela temporária, recebeu uma ligação ameaçadora: “Ele estava ameaçando a minha vida com 100% de certeza. Não me surpreendi, então não respondi.” Ela relata que deixou o emprego de planejadora de eventos de celebridades na empresa Mindy Weiss para ser uma assistente paga de Britney em 2007.
“Como é que você vê aquele documentário, está nele e vive nele e não diz nada, quando já dura tanto tempo?”

Sims reconhece que a perspectiva de algumas pessoas pode parecer distorcida por algumas fotos que foram tiradas do período: “Só porque eu estava sorrindo em uma foto passando por um drive-thru não significa que eu queria atenção. Eu preferia poder dirigir pela cidade sem ninguém nos incomodando. Estávamos tão expostas.”

Desde então, ela deixou de viver em Los Angeles e mora com seu marido e sua filha de 9 anos na Lousiana.

Embora Sims diga que não sente falta da loucura do dia a dia quando Spears era perseguida pela mídia, ela sente falta da amizade delas. “Eu sinto falta dela como pessoa e penso nela o tempo todo? Sim.” ela disse. “Ela está em todo lugar ainda. Você não pode deixar de pensar nela todos os dias.”

Alli afirma que Britney tentou contato com ela diversas vezes no início de 2008, quando conseguia o telefone de alguma outra pessoa. “A situação estava muito além da minha cabeça naquele momento e seu pai e outras pessoas estavam envolvidas”, disse ela. “Eu realmente acredito que (Jamie) teria feito algo se eu não tivesse me retirado da situação”.

Sims disse que carrega “muita culpa”: “Não consigo imaginar como ela se sentiu sozinha. Quando penso em quanto tempo ela teve que suportar isso e já faz 13 anos, fico muito triste por ela. Eu realmente espero que um dia ela seja capaz de contar sua história, se é isso que ela quer fazer. Se ela fizer isso, prepare-se, porque há mais nessa história do que eu tenho certeza que qualquer um poderia imaginar. ”

Ainda em 2008, Alli foi substituída por Brett Miller, que ficou no cargo de assistente pessoal por alguns anos. Brett aparece no especial Britney: For The Record. Britney e e Alli Sims também se reencontraram no casamento de Brett, que aconteceu em Janeiro de 2011, onde as duas foram madrinhas.

Britney Spears e Alli Sims no casamento de Brett Miller, 2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s